05/08/2019 14h01 - Atualizado em 05/08/2019 14h44

CRP “A” e Farrapos Vista Alegre conquistam o título do Campeonato de bocha de “2018”


CRP “A” e Farrapos Vista Alegre conquistam o título do Campeonato de bocha de “2018”

Após 1 ano os verdadeiros desportistas, aqueles que trabalham em prol do esporte tiveram vivenciado o retorno da modalidade da bocha no município de Pejuçara. Paralisado em setembro do ano de 2018 após uma equipe impetrar na Justiça uma peça processual alegando  que a punição de sua equipe e seus jogadores não podia ser penalizada pelo CMD local, o parecer favorável ao órgão organizador definiu as disputas das suas finais do naipe de Trio Veterano e Trio Livre para as duas últimas semanas, sendo que as finais dos jogos que já tinham sidos realizados no ano anterior ficaram mantidos. Assim a Final do Trio Veterano dia 27 de Julho e a Final do Trio Livre dia 03 de Agosto foram às datas das finais dos jogos.

Trio Veterano

Jogo de Ida: CRP “A” 15 x 04 Jacicema

Jogo de Volta: Jacicema 06 x 07 CRP “A”

Arbitro: Gilson Vincensi

Jogando em Jacicema na partida de volta a equipe do CRP “A” que levava uma vantagem de 15x04 do jogo de ida, fez os pontos necessários para garantir o campeonato do naipe Trio Veterano.  O CRP “A” teve os seguintes jogadores na campanha: Valdimir Mioso, Deonir Mafini, Abilio Zamberlan, Ricardo Leal, Gari da Silva, Valmir Mioso, Eduardo Buzzatti, Valmir Tolfo. A equipe de Jacicema teve os seguintes jogadores na campanha: Nilseu Bottega, Vilmar Bottega, Irineu Pereira da Costa, Paulo Stefânio, José Czeluchas, Francisco Pereira da Costa, Renato Trennepohl, Antoninho Villani, Claudio Jungbeck, Pedro Anselmo Werbes.

Trio Livre

Jogo de Ida: Farrapos Vista Alegre 2x 0 CRP “A” – (15x05, e 15x03)

Jogo de Volta: CRP “A” 0x1 Farrapos Vista Alegre – (05x08)

Arbitro: Gentil Garzella

Jogando no Clube Recreativo na partida de volta a equipe do Farrapos Vista Alegre, que levava uma vantagem de 30x08 do jogo de ida, fez os pontos necessários para garantir o campeonato do naipe de Trio Livre. O Farrapos Vista Alegre teve os seguintes jogadores na campanha: Bruno Lorenzoni, Marciano Linassi, Fabiano Linassi, Fernando Zanetti, Ronielton Gelatti, Rodrigo Contri, Tobias Contri, Cristiano Tassotti, Guilherme Coradini, Munir Didonet, Ari Bonini, André Bonini, Diego Sandri, Jair Coradini, Adair Lago. A equipe do CRP “A” teve os seguintes jogadores na campanha: Valdimir Mioso, Deonir Mafini, Abilio Zaamberlan, Cassiano Fagundes, Celso Fagundes, Gilson Vincensi, Edson Camargo, Gari da Silva, Valmir Mioso, Valdocir Iziquiel, Valdecir Villani, Valmir Tolfo, Ricardo Leal, Lizandro Vincensi, Gilberto Côlvero.

O Coordenador do Departamento de Esporte Everaldo dos Santos disse que o longo período sem o esporte da bocha no município deixou seus adeptos ansiosos para a volta da modalidade, deixando claro que as decisões e medidas tomadas pelo órgão em relação as equipes eliminadas estavam corretas com posição confirmada via judicial. Todavia, o mesmo deixou claro aos participantes que atos de indisciplinas não são tolerados, e que os poucos que não entendem desta maneira não são considerados verdadeiros desportistas. Agradeceu a todas as equipes as quais se posicionaram em favor do DMEL nesta posição reiterando que as agremiações não podem ser privadas de seu lazer pelo ato pessoal de um integrante. “O congraçamento nas duas partidas finais das duas modalidades tanto nas partidas como pós-jogo onde todos comemoraram são e serão sempre o auge dos verdadeiros desportistas” concluiu o Coordenador.

O prefeito Eduardo Buzzatti que acompanhou as finais juntamente com o vice prefeito Marcos Villani  parabenizou todos os desportistas envolvidos no campeonato, especialmente os integrantes das equipes que sagraram-se campeãs. No entanto, lamentou que o esporte também tenha que passar por momentos conturbados e com o envolvimento da justiça. “Nós lamentamos o ocorrido no campeonato de bocha de Pejuçara, porque quem perdeu foi as entidades esportivas e a comunidade adepta ao esporte e devido ao imbróglio judicial outros campeonatos deixaram de ser realizados. Porém é sempre bom lembrar que apesar das dificuldades encontradas, o campeonato foi concluído dentro da expectativa e do planejamento inicial da prefeitura o que, por conseguinte, mostrou que a verdade sempre prevalece”, desabafou o chefe do executivo pejuçarense. 

Texto e Fotos:

Colaboração, professor Everaldo dos Santos - Departamento Municipal de Esporte e Lazer de Pejuçara

Edição: Antonio Brito 

Assessoria de Comunicação


Enviar por e-mail Imprimir